Notícias

Representantes do SAMAE participam do Fórum Regional de Geração Distribuída

 


 


O Diretor Geral do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto de Araranguá (SAMAE), José Hilson Sasso, e o procurador Marco Antônio Alborghetti, participaram na última semana da segunda edição do Fórum GD - Fórum Regional de Geração Distribuída, que aconteceu em Florianópolis, e reuniu cerca de 400 pessoas.


 


O Fórum Regional de Geração Distribuída com Fontes Renováveis, é um evento, organizado e realizado pelo Grupo FRG Mídias & Eventos, promovido pela Associação Brasileira de Geração Distribuída (ABGD), associação oficial das empresas do setor, e reúne provedores de soluções, EPCs, integradores, distribuidores, fabricantes, profissionais e acadêmicos, e que tem em comum a atuação direta ou indireta na geração distribuída oriunda de fontes renováveis de energia.


 


O Fórum GD 2019 traz oportunidades de negócios, discute as barreiras regulatórias, os impedimentos jurídicos entre muitos outros assuntos relacionados ao setor. 'Nosso objetivo foi aprofundar os conhecimentos do Samae em energia fotovoltaica, próximo projeto desta gestão', disse Sasso.


 


O diretor da autarquia salienta que vem estudando a mais de um ano a possibilidade de implantar o sistema solar fotovoltaico - onde a energia elétrica é produzida a partir de luz solar. “O sistema incluirá as 5 Estações de Tratamento de Água (ETAs), 2 Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs) e ainda a sede Administrativa. “Algumas empresas já apresentaram propostas, incluindo o projeto e os custos que teremos com a implantação do sistema solar, e também a economia que teremos, que pode chegar a mais de R$ 1 milhão/ano”, destaca Sasso. Ele lembra ainda que dentro de um prazo de 3,5 anos os investimentos já estarão pagos.


 


Os representantes do SAMAE aproveitaram a participação no Fórum GD 2019 para contatar empresas, que farão orçamentos para a implantação na autarquia. “A nossa meta é implantar ainda nessa gestão este sistema, pois além da economia que teremos nos próximos anos, estaremos contribuindo com o Meio Ambiente, pois a energia fotovoltaica é uma energia limpa e sustentável, que se baseia na fonte renovável de energia mais abundante e disponível no mundo, o sol”, concluiu o diretor Sasso.

Outras Notícias