Notícias

Inaugurao da ETA I Morro dos Conventos marcada por emoo

O sábado, dia 17, foi marcado por emoção, isso por que o Serviço Municipal de Água e Esgoto de Araranguá (SAMAE) realizou a entrega de mais uma grandiosa obra à comunidade. A inauguração da Estação de Tratamento de Água (ETA I) Morro dos Conventos contou com a presença de autoridades políticas locais e regionais, representantes de entidades, estudantes e comunidade.


Os alunos da Escola de Educação Básica Padre Antonio Luiz Dias do Morro dos conventos abriram a solenidade e realizaram uma apresentação sobre a água, levando uma mensagem de conscientização e amor pelo nosso maior bem: a água.


Um dos momentos mais marcantes da solenidade foi às homenagens àqueles que lutaram pela implantação da ETA na comunidade do Morro dos Conventos. Esposas, filhos e netos receberam um quadro em forma de agradecimento por terem feito uma comissão e intermediado junto ao grupo Diomisio Freitas, que na época era proprietário da Estação. Assim, Eduvirges Jovelino Pires; João Jovelino Pires; Mario Tomaz; Antonio Alcindo Teixeira; Lavíneo José Tavares; Higino Oreste do Canto; Assis Pires Sant’Anna e Manoel José Rodrigues conseguiram com que a ETA passasse a ser administrada pelo SAMAE, e consequentemente passou levar água a todos os moradores do balneário. Além deles, o prefeito na época Gercino Pasquali e a família Freitas também receberam a homenagem.


Também foram homenageados os primeiros operadores na ETA: Antonio Manoel João (In Memoriam); Assis Pires Sant’Anna (In Memoriam); Manoel José Rodrigues (In Memoriam); Antonio Luiz Pereira da Silva, o Negão, e ainda o senhor Santos de Souza Santana que mesmo como a idade já avançada não mediu esforços e compareceu a inauguração acompanhado do seu filho. Bastante emocionado, seu Santos agradeceu a lembrança e disse que estava feliz por fazer parte da história da ETA Morro dos Conventos.


O diretor geral do SAMAE José Hilson Sasso agradeceu o prefeito Mariano Mazzuco pela parceria e confiança e todos aqueles que fazem parte da história do SAMAE e da Estação de Tratamento do Morro dos Conventos. “Se hoje o SAMAE tem recursos para investir em obras, maquinários, capacitações, é por que tem um histórico de excelência em gestão. Todos aqueles que passaram pela autarquia merecem nosso reconhecimento”, disse.


Para Sasso a cidade está crescendo e a vinda do curso de Medicina lançará a cidade no cenário nacional, e consequentemente a vinda de mais famílias para a cidade. “Nós enquanto gestores do SAMAE temos a missão de oferecer água de qualidade e esgoto tratado. E o Morro dos Conventos é o nosso balneário, temos que valorizar e investir”, enfatizou.


O prefeito de Araranguá Mariano Mazzuco definiu a inauguração da ETA I em uma única palavra: gratidão. “Nosso agradecimento a todos os antigos e atuais funcionários do SAMAE, pois se a autarquia hoje tem essa estrutura é por que teve até hoje pessoas comprometidas com a cidade. Minha gratidão não só como prefeito, mas como cidadão”, frisou. O prefeito salientou que a história do SAMAE é de muito sucesso e que a obra da ETA I é grandiosa, onde foram investidos cerca de R$ de 2 milhões de recursos próprios. 


 


O deputado Estadual José Milton Scheffer enalteceu a administração de Mariano Mazzuco e do diretor geral José Hilson Sasso. “Um belo exemplo de gestão, que demonstra a eficiência e lucratividade do SAMAE quando bem administrado”, comentou.


A inauguração contou com a presença do prefeito de Araranguá Mariano Mazzuco, do deputado Federal Jorge Boeira, deputado Estadual José Milton Scheffer, secretários e diretores da Administração, vereadores, presidente da CDL e Rotary, entre outras autoridades.


A ETA I


A nova e moderna Estação de Tratamento de Água (ETA) do Balneário Morro dos Conventos atenderá ainda Manhoso, Paiquerê e Canjiquinha. A área total é de cerca de 2 mil metros quadrados, e a unidade é composta por: captação; calha parschall; floculadores; decantador, filtros, cisterna e casa de bombas de recalque. E tem ainda a casa de química que é composta por controle de qualidade, laboratório e tratamento químico.


A Estação é feita de aço carbono, que tem uma durabilidade muito maior, ainda mais por ser tratar de um balneário, onde o ambiente é mais agressivo. “A capacidade dela será ainda maior que a antiga. Atualmente a ETA trabalha com 100m3 por hora, essa nova, o projeto final é para 250m3 por hora”, frisou o engenheiro Mário Copetti.


A ETA I é praticamente automática. “É uma estação totalmente moderna, onde ela trabalhará com pouca influência do operador, ou seja, ela atua de forma automatizada, lavando sozinha os filtros, e efetuando o descarte de lodo no decantador e dosando os produtos químicos. O operador será responsável por colocar o produto químico no reservatório de solução e fazer as análises obrigatórias e rotineiras, bem como, acionar os motores de captação e recalque, o restante ela fará sozinha”, finalizou o Engenheiro Químico do Samae, Mário Copetti.


 

Outras Notícias