Esgoto

Samae investe em responsabilidade social atravs do saneamento bsico

Um grande passo na área de saneamento básico está sendo dado em Araranguá. O Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto) estará implantando gradativamente a rede de esgotos na cidade, que nunca teve este tipo de sistema de tratamento. Isto evidencia a preocupação do governo do município e Samae em melhorar a qualidade de vida das pessoas.


A implantação da rede de esgoto diminui a poluição e auxilia a preservação do meio ambiente, conservação de recursos naturais e na proteção da saúde pública, questões citadas no Programa Cidades Sustentáveis, do qual Araranguá faz parte, desde 2013.


O tratamento de esgoto é importante também para prevenir doenças como febre tifóide, hepatite infecciosa, cólera, desinteria. De acordo com dados da Organização das Nações Unidas (ONU), para cada R$ 1,00 investido em saneamento, R$ 4,00 são economizados em saúde pública.


Em Araranguá, o tratamento será feito na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), onde através de processos químicos e biológicos de decomposição, o esgoto será tratado.


Estações de Tratamento


Estão sendo feitas inicialmente duas Estações de Tratamento de Esgoto (ETE). No bairro Urussanguinha os trabalhos já estão na fase de conclusão. “A parte estrutural está pronta, falta o acabamento final, parte elétrica e alguns detalhes que estão sendo finalizados”, explica o diretor Geral do Samae, Everson Casagrande.  


A outra, localizada no Parque Alvorada, está com acesso pronto e local limpo. “Estamos aguardando os projetos e a sinalização positiva da Caixa Econômica, licença ambiental e alguns documentos. Com tudo aprovado, iniciaremos a construção da estação. Acreditamos que será uma obra relativamente rápida e sabemos que é de suma importância. Ela atinge aproximadamente 20 mil pessoas”, ressalta Casagrande.


 


“Além de ser destaque por estar levando água tratada a comunidades que nunca tiveram acesso, o governo do município, através do Samae, está corajosamente implantando este sistema de esgoto, sempre pensando na qualidade de vida da população araranguaense”, finaliza.